Mage

M:tA Chronicles (Jay)


You are not connected. Please login or register

Ashling Ruadh

View previous topic View next topic Go down  Message [Page 1 of 1]

1 Ashling Ruadh on Tue Feb 28, 2017 12:06 pm

Ashling in a nutshell:

Nome: Ashling             Apelidos: Fleury Ruadh (pronuncia-se “Ruag”, com “a” fechado”)
Cabelo: ruivo, ondulado, abaixo da linha dos ombros.
Altura / peso: 1, 68; 53kg.
Tipo físico: Bailarina - Corpo esguio, magro mas atlético, pernas longas.
Profissão: Bailarina (duh!) – Acabou de chegar a prima ballerina do Ballet de l'Opéra national de Paris (that’s big!)
Pés: A Ashling raramente usa sapatos abertos/sandálias e essa é uma parte do corpo dela que tu não queres ver. Acredita, não queres.

Background: Money! At least her father is stupidly rich – let´s say Ashling is well-off.
Paixões: Dança (ballet, em particular); arte – A Ashling abdica de ter empregada a tempo inteiro para poder comprar arte: quadros, esculturas, roupa de estilistas, etc.

Personalidade (RP tips): utterly nice until she isn´t. But if you did something that triggered a less-than-nice behaviour from her you are probably also running for the Nobel Prize of assholishness! Generous, honest, spontaneous, charismatic and optimistic – sometimes against her better judgement. She also loves to be noticed and admired, although she can tell if you are just sucking up to her which she hates.  Want her to join you? Invite her for something she has never done before!

A few more details…
Ashling Ruadh é um nome de origem gaélica (de aislinge = “uma visão” ou “um sonho”; e Ruadh = vermelho) e as origens irlandesas desta rapariga de 25 anos estão bem marcadas nos seus cabelos ruivos (mais avermelhados do que alaranjados) e na sua pele pálida com algumas sardas. Os seus olhos são verdes. Desta herança paterna pouco mais lhe ficou, no entanto: apenas o domínio nativo do inglês e visitas periódicas a casa da avó, em Dublin.

Filha de mãe francesa, nascida e criada em Paris, a Ashling respira o gosto e o ritmo da cidade luz! A vida é para ser vivida, os limites do que somos para serem experimentados e quiçá transformados! As artes têm sido o seu domínio preferido para essa exploração, ainda que na adolescência os desportos radicais e algumas drogas tenham ganho uma relevância temporária. A Ashling saltita de interesse em interesse, evitando repetir experiências – a não ser que estas lhe tragam um prazer especial (been there, done that; what’s new?). A sua curiosidade fervilhante tem como aspecto negativo a falta de aprofundamento dos saberes – na realidade, a única coisa a que ela se dedicou disciplinadamente desde a infância foi à dança e isso só aconteceu porque nunca experimentou melhor forma de libertação e auto-expressão, e porque também aí muitos limites são continuamente transpostos.

Possui magnetismo pessoal – a sua presença dificilmente passa despercebida. O seu porte é nobre e há algo nele que transmite a crença de que ela deve ser servida; conduz-se de forma mais elegante do que sexy.
A Ashling gosta de roupa, sapatos e adereços diferentes. Usa muitas peças de estilistas ou modificadas por si; gosta de descobrir peças únicas em mercados de rua ou lojas de roupa em segunda mão. Usa poucas jóias e, quando o faz, prefere usar uma única peça que sobressaia pela diferença.
Ashling style:













Apartamento da Ashling em Paris:



View user profile

View previous topic View next topic Back to top  Message [Page 1 of 1]

Permissions in this forum:
You cannot reply to topics in this forum